22.9.05

Saíram os milênios

Acabou de sair a lista com os 34 projetos vencedores do edital Instituto do Milênio. Vão dividir 90 milhões de reais, uma média de quase 3 milhões por projeto. Os temas são bastante multidisciplinares e os que consegui identificar como dominantemente direcionados à pesquisa em Física são:

1. Instituto de Nanotecnologia, R$ 2.460.000,00 (coord: Belita Koiller)
2. Instituto do Milênio de Fluidos complexos: cristais líquidos, fluidos magnéticos e de interesse biológico, R$ 3.000.000,00 (coord: Antonio Martins Figueiredo Neto)
3. Instituto de Óptica não Linear, Fotônica e Bio-Fotônica, R$ 3.000.000,00 (coord: Cid Bartolomeu de Araújo)
4. Instituto Multidisciplinar de Materiais Polimericos, R$ 1.500.000,00 (coord: Yvonne Primerano Mascarenhas)
5. Instituto do Milênio de Informação Quântica, R$ 2.000.000,00 (coord: Amir Caldeira)

Aparentemente, apenas este último e o projeto em Matemática "Avanço Global e Integrado da Matemática Brasileira e Contribuição à Região" (RS 1.500.000,00, coordenado pelo professor Jacob Palis, do IMPA) podem ter alguma consequência para físicos teóricos do IFT. Nossas áreas tradicionais, partículas e campos, no entanto, não foram agraciadas. Fica para a próxima.

2 Comments:

At 23/9/05 17:10, Blogger Andre said...

Já começaram a aparecer as reações dos teóricos. O professor Victor Rivelles, da USP, enviou carta ao Jornal da Ciência reclamando que apenas projetos de Física Aplicada ganharam os editais do Milênio. Conclue com uma frase interessante: "...não há nada de errado em se destinar recursos exclusivamente para as ciências aplicadas. Porém, isso deve ficar explícito para que não se perca tempo e energia na elaboração de projetos que estão condenados de antemão".

 
At 6/10/05 18:52, Anonymous Anônimo said...

Em relacao `a carta do prof. Rivelles, eu teria gostado que escrevesse
nomes de pessoas que fazem ciencia basica de boa qualidade no Brasil,
pelo menos isso tornaria publico nomes para futuras indicacoes.

Agora, se o unico nome de fisica teorica que aparece na lista eh o do prof.
Caldeira a explicacao eh simples, ele tem um paper famoso e muito bom!
Quantos outros papers famosos de fisica teorica existem no Brasil?
(tirando a do prof. Constantino).

Eu nao acho que nao se queira eleger projetos de ciencia basica, mas que
o conselho avaliador simplesmente considerou que nenhum projeto estava `a
altura dos requerimentos. Entao cabe a nos reverter essa situacao, nao
reclamando, " nem tentando levar as massas `as ruas ", mas sim TRABALHANDO
MAIS!

Gabriel

 

Postar um comentário

<< Home