4.10.05

Nobel de Física vai para norte-americanos e alemão

ESTOCOLMO (Reuters) - Dois norte-americanos e um alemão ganharam na terça-feira o Prêmio Nobel de Física de 2005 por seu trabalho no campo da óptica, que permitiu medições extremamente precisas do tempo e do espaço, com futuras aplicações nas telecomunicações e nas viagens espaciais.
leia o texto na íntegra aqui


Adicionado: Veja também a notícia no site do Physics News Update, onde podem ser encontrados links para artigos de divulgação sobre os trabalhos dos vencedores.

3 Comments:

At 10/10/05 10:17, Anonymous Alysson Ferrari said...

E, por enquanto, John Horgan vai ganhando a aposta...

Explico-me:
http://www.longbets.org/12

 
At 10/10/05 16:38, Blogger Adilson J A de Oliveira said...

Parabéns pelo Blog!
É sempre importante utilizarmos esse espaço para a divulgação da Ciência
Adilson

 
At 11/10/05 16:36, Blogger Andre said...

A aposta que o Alysson mencionou é:
"By 2020, no one will have won a Nobel Prize for work on superstring theory, membrane theory, or some other unified theory describing all the forces of nature."

Olha, eu estou ficando mais otimista
com relação à unificação. Não por motivações teóricas, mas porque os experimentos estão começando a explorar regimes em que eventualmente podem aparecer fenômenos nos quais efeitos quânticos e gravitacionais se superpõem (ver " Search for Randall-Sundrum Gravitons in Dilepton and Diphoton Final States").
Isso sem falar na Cosmologia.

Não sei se em 2020 a teoria unificadora, se aparecer, terá algum traço das que existem atualmente, mas me parece claro que algum modelo terá que aparecer para descrever minimamente os novos dados que estão chegando.

 

Postar um comentário

<< Home